Header Ads

Desaparece Avião da Air France que saiu do Brasil com destino à França

Aeronave Airbus A-330 deixou de ser detectado por radares na madrugada desta segunda-feira. Uma aeronave da Air France que partiu do Rio de Janeiro às 19h de domingo (31) e seguia para Paris desapareceu dos monitores dos radares na costa do Brasil, de acordo com fontes aeroportuárias francesas. O voo AF 447 transportava 216 passageiros e 12 tripulantes, de acordo com a Air France. O Airbus A330-200 deveria ter pousado em Paris às 11h15 (ou 6h14, no horário de Brasília). A lista de passageiros ainda não foi divulgada. Último contato A FAB informou que o último contato da aeronave com autoridades brasileiras ocorreu três horas por rádio às 22h33 (hora de Brasília). "Já tinha passado por (Fernando de) Noronha às 22h33. Uma hora depois o avião teria que fazer contato por rádio novamente e nesse momento não fez esse contato", disse a assessoria da Força Aérea Brasileira (FAB). "Em função disso entramos em contato com a Ilha do Sal (Cabo Verde). A aeronave também não fez nenhum tipo de contato com eles e nem apareceu no radar", acrescentou. Tragédia Por volta das 9h (horário de Brasília), um representante da Airbus concedeu entrevista coletiva em que afirmou que acredita que a aeronave tenha sido vítima de um acidente visto que, nesse momento, a aeronave já estaria sem combustível. Mais cedo, o ministro francês Jean-Louis Borloo, havia afirmado à rádio francesa Ifo que o avião já estaria sem combustível. "A essa altura, ele teria esgotado suas reservas de querosene, então, infelizmente, precisamos considerar o cenário mais trágico", afirmou. A Air France divulgou que parentes de pessoas a bordo do voo AF 447 estão sendo levados para uma área especial do aeroporto Charles de Gaulle. Buscas As primeiras informações são de que a Força Aérea Brasileira foi mobilizada durante a madrugada depois que a aeronave deixou de ser detectada pelos radares da Ilha do Sal, que fica entre Brasil e Europa. Os trabalhos de busca FAB começaram a partir de Fernando de Noronha e devem seguir o trajeto que deveria ter sido seguido pela aeronave. "Duas aeronaves estão realizando as buscas a partir de Fernando de Noronha no Oceano Atlântico", afirmou o tenente-coronel Henry Wilson, da FAB, à Reuters. A Marinha e a Força Aérea francesa também estão empenhadas nas buscas. França O presidente da França, Nicolas Sarkozy, expressou “extrema preocupação” " com a confirmação do desparecimento da aeronave. Em nota, ele informou ter enviado o ministro do Transporte, Dominique Bussereau, e o ministro do Desenvolvimento, Jean-Louis Borloo, ao aeroporto Charles de Gaulle, em Paris, para acompanhar a situação. Sarkozy pediu que as autoridades investiguem o caso. "Estamos preocupados", disse uma autoridade do aeroporto de Paris. "O avião está desaparecido dos radares por várias horas. Pode ser um problema no transponder, mas este tipo de falha é muito rara e o avião não aterrissou no horário esperado", acrescentou. Acidentes O Brasil teve dois grandes acidentes aéreos em 2006 e 2007. Em julho de 2007, todos os 187 ocupantes e 12 pessoas em terra morreram quando um Airbus A320 da TAM avançou além da pista do aeroporto paulistano de Congonhas, batendo em um prédio vizinho. Meses antes, um Boeing da Gol foi atingido sobre a Amazônia por um jato particular. Todos os 154 ocupantes do avião da companhia aérea morreram no acidente. Fonte:MSN/Jesusecvc

Nenhum comentário