Review: Pra onde iremos? - Gabriela Rocha

Por Herick Marques Diener 
Ela é um dos maiores talentos que surgiu nesses últimos anos na música gospel. E sem, ao menos ganhar o quadro Jovens Talentos no Programa do Raul Gil, exibido pelo SBT, a cantora Gabriela Rocha já era sucesso, tendo os  vídeos de suas apresentações no programa recebendo várias visualizações no Youtube a cada semana que passava. 

Gabriela, por fim, acabou não ganhando o quadro, porém, em 2012 realizou seu sonho de lançar ao mercado da música gospel seu primeiro CD, graças a um contrato com a gravadora Sony Music, que percebeu o talento da cantora e, junto com ela, nos trouxe de presente o álbum ‘Jesus’, revelando uma das músicas evangélicas que mais se destacaram na mídia secular até hoje: ‘Creio Que Tu És a Cura'. Produzido pelo também cantor Thalles Roberto, o disco atingiu a marca de 40 mil exemplares comercializados e recebeu disco de ouro (um fato que até mesmo Brenda, a vencedora do quadro que Gabriela participou não conseguiu atingir com seu último trabalho lançado, também pela Sony Music). 

Nos meses finais do ano de 2014, chega ao mercado seu segundo álbum, ‘Pra Onde Iremos?’,' dessa vez produzido por uma das cantoras mais admiradas da música gospel atualmente, Daniela Araújo que, junto com seu irmão, Jorginho Araújo, trouxe belos arranjos para somar a potente e, ao mesmo tempo, doce voz de Gabriela Rocha. Com um projeto gráfico que só de você ver o disco na livraria, já lhe dá vontade de adquirir.
                 
O disco marca uma fase de amadurecimento na carreira da cantora que não deixou as versões internacionais de fora mais uma vez. 
E de cara, temos uma delas... ‘Eu Sou Teu’ é uma versão muito boa de ‘Rooftops’ do Jesus Culture, na qual os excelentes arranjos foram preservados e talvez até mesmo ficaram melhores que o da canção original. Um ponto que merece ser citado é que a versão poderia ser mais curta que a original, uma vez que ‘Rooftops’ foi gravada ao vivo, e a repetição da canção foi feita como uma forma de ministração, mas isso não tirou o brilho da faixa, que não poderia abrir o disco de outra melhor forma. "Eis-me aqui, com os braços bem abertos, Criador, Redentor, Tu és o eterno Deus"... você vai sair cantarolando esse trecho da canção o dia todo quando ouvir! 

Uma parceria interessante, na qual  Gabriela e Daniela Araújo se juntaram para escrever a segunda canção do álbum, ‘Meu Lugar’, uma letra bem simples e também arranjos que não se destacam muito, é de fato uma das músicas com menos novidades do disco, mas, veja bem, isso não quer dizer que ela seja ruim. A canção fala sobre a segurança que temos em Jesus. Eu realmente esperei mais da pareceria das cantoras, porém a faixa não poderia ser descartada do disco, de forma alguma. 

A terceira e empolgante faixa do disco é a versão de ‘Wake’ do Hillsong Young and Free, intitulada de ‘Desperta’. Uma vez que os arranjos da música são ótimos, não houve motivos para alterá-los, também vemos aqui uma versão melhor do que a feita pela cantora Pamela em seu mais recente disco, que também trouxe a canção em seu repertorio. Uma aposta de sucesso para o disco, a música, sem dúvidas, tem o potencial de ser uma das mais conhecidas do ministério de Gabriela. Se você ainda não ouviu essa canção, não perca mais tempo! 
                                   
Autor de ‘Jamais’ e Princípio e Fim’ de Leonardo Gonçalves, Felipe Valente é também o compositor de uma das canções do CD que farà sucesso nos ministérios das igrejas espalhadas pelo Brasil, ‘Teu Santo Nome’, que trouxe os ingredientes certos para isso. Mais uma das faixas, também, em que os versos ficam na sua cabeça, e você se pega cantando a música por aí.

A faixa título do álbum é precedida por um ‘Interlúdio’, no qual Gabriela interpreta de forma suave e ao som apenas de um piano o refrão da canção que vem a seguir... ‘Pra Onde Iremos’ é, sem dúvidas, a melhor faixa que o disco apresenta, e como prova foi escolhida como música de trabalho para divulgar os discos nas rádios, e já tem obtido reconhecimento não só por quem admira o trabalho da cantora. Daniela Araújo e Felipe Valente escrevem juntos uma canção que promete marcar muitos jovens, pois traz a mensagem de que Deus é tudo que precisamos e não há caminho melhor a seguir do que os seus. Arranjos, letra, interpretação... tudo perfeito! Essa música valeria por toda a obra. 
Com a promessa de repetir o sucesso da canção ‘Creio Que Tu És a Cura’, a versão de ‘Still Believe’ é um dos destaques do disco. Por falar em versões, esse é um tema de muita discusão, no qual há muitas críticas em relação a se pegar uma canção de sucesso internacional e versionar para a língua portuguesa, muitos acham preferível você escrever uma boa música com originalidade. Porém, Gabriela e outros cantores têm mostrado que não há mal nenhum em se fazer isso, já que suas versões têm sido muito bem aceitas pelo público e igrejas pelo Brasil. O segredo é o cantor saber pôr sua personalidade na canção e gravar uma versão bem produzida... 'Creio em Ti’ é um exemplo disso e não vou me surpreender de estar na minha igreja e alguém cantar essa canção.                            
Preenchendo o lado das canções mais animadas do disco, ‘Vou Te Adorar’ é a canção que contém o tradicional ‘ooh ooh’, que torna a faixa fácil de ser  lembrada e cantada, e acaba se tornando bem interessante, pois foi muito bem produzida também. No mais, acaba sendo ofuscada e passando despercebida perante às faixas melhores, como a que vem a seguir...

‘Nossa Canção’, escrita por Tiago Arrais, traz a participação de Leonardo Gonçalves, e, sem qualquer dúvida, é uma das melhores faixas de todo o disco. Uma boa letra e mais uma vez excelentes arranjos. Um dueto que vale a pena ser repetido e que o  público aceitará de bom grado. 

As faixas que fecham o disco ‘A Voz’ e ‘Gratidão’ são, de fato, as canções menos interessantes do disco. A primeira citada ainda possuiu um bom refrão, mas no restante as duas não trazem nada de novo.
                                   
Gabriela trouxe um disco que superou o anterior, com canções visivelmente comerciais, será fácil o sucesso nas rádios e igrejas com: ‘Creio Em Ti’, ‘Teu Santo Nome’ ou ‘Nossa Canção’. 
Daniela e Jorginho Araújo fizeram um ótimo trabalho, fato nada surpreendente, já que estamos acostumados com  ótimos trabalhos  em outros discos que os mesmos produziram, como ‘Vencedor’ do Jotta A ou no próprio disco de Daniela, ‘Criador do Mundo’. Seria excelente se outros cantores também optassem em produzir com a dupla, tipo Arianne ou Pamela. Projeto gráfico de tirar o fôlego...  O único erro do álbum foi que  algumas canções do disco poderiam ser facilmente substituídas pois  não trouxeram nada de novo. Mas uma coisa é certa: ainda vamos ver essa menina dando o que  falar na nossa música gospel atual!


Curtiu? Compartilhe! 

Qual outro álbum você gostaria que fizéssemos análise? 

Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Comentários
9 Comentários

9 comentários

Clique aqui para comentários
Anônimo
admin
17 de dezembro de 2014 01:02 ×

5 estrelas!!!!!

Responder
avatar
Anônimo
admin
17 de dezembro de 2014 01:24 ×

Um CD fraco e de péssoma qualidade!
Ela é apenas uma que passará p o flop em pouco tempo

Responder
avatar
Anônimo
admin
17 de dezembro de 2014 08:00 ×

O melhor CD do ano!!

Responder
avatar
Anônimo
admin
17 de dezembro de 2014 08:27 ×

Gosto é incrivelmente estranho. A voz foi minha canção preferida. Análise perfeita. Parabéns.

Responder
avatar
Anônimo
admin
17 de dezembro de 2014 11:04 ×

Nossa canção, muito boa!

Responder
avatar
Anônimo
admin
17 de dezembro de 2014 11:30 ×

Dificil ela flopar em....

Responder
avatar
Anônimo
admin
17 de dezembro de 2014 15:37 ×

Ela é apenas uma copia de Fernanda Brum + Ana Paula Valadão + Daniela Araújo o nesses se cd.
Péssimo. Letras fracas. Feito só pro mercado!!
qualidade que é bom, Nada!

Responder
avatar
Anônimo
admin
18 de dezembro de 2014 03:20 ×

Gostei. Queria do CD Herois do Voz da Verdade!!

Responder
avatar
Anônimo
admin
18 de dezembro de 2014 18:47 ×

Amei!! Faz da jozyanne!

Responder
avatar
Obrigado pelo seu comentário
var pres = document.getElementsByTagName("pre"); for (var i = 0; i < pres.length; i++) { pres[i].addEventListener("dblclick", function () { var selection = getSelection(); var range = document.createRange(); range.selectNodeContents(this); selection.removeAllRanges(); selection.addRange(range); }, false); }