"Quarto de Guerra": A oração é o caminho para a família brasileira

O filme Quarto de Guerra, dos mesmos criadores de Desafiando GigantesÀ Prova de Fogo Corajosos, chega ao Brasil no dia 3 de dezembro. Confira os locais de exibição, aqui. A nova produção dos irmãos Kendrick aponta a oração como um caminho para o crescente número de dissoluções matrimoniais no meio cristão, um problema que, infelizmente, tem apresentado um péssimo testemunho diante da sociedade.
No Brasil, o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) apontou no CENSO 2010 que a taxa geral de divórcios atingiu o seu maior índice em 26 anos: 1,8 por mil habitantes. Além disso, o cruzamento entre dados de estado conjugal e religião, realizado pelo NEPO (Núcleo de Estudos de População), da Unicamp, apontou que a fé não impede a dissolução conjugal, pois 83,1% dos casos são entre pessoas que se denominam cristãos.
De acordo com a prª Elizete Malafaia, líder do departamento de Mulheres Vitoriosas na Assembleia de Deus Vitória em Cristo, “o número de divórcios tem aumentado justamente porque as pessoas ainda não entenderam que o inimigo não é o cônjuge, mas satanás. Ele está apenas sendo um canal de satanás nesta Terra quando mente, trai ou provoca qualquer tipo de confusão, através das brechas que abre em sua vida”.  E o pr. Salomão completa ao dizer que “... ele não é o inimigo. Ferir o cônjuge é dar um tiro no pé, pois os dois são uma só carne. Não existe alegria completa quando o cônjuge está aborrecido... nosso inimigo mais perigoso é o pecado que habita em nós, o orgulho”.
Para o pr. Salomão Santos, do Ministério Amo Família e autor do livro “Como Salvar seu Casamento Sozinha”, “a principal razão é a banalização e a relativização das escrituras e, consequentemente, do casamento. Frases como "Deus quer que eu seja feliz", "não amo mais a minha mulher" e "acho que casei errado" parecem ter sido tiradas de uma "nova bíblia", ... Vivemos uma crise de integridade e de ética”.
Portanto, na expectativa de fazer um alerta à sociedade, o filme Quarto de Guerra apresenta a oração, uma arma tão poderosa, para combater essa lamentável estatística. Segundo a coordenadora regional no Sudeste do Ministério Desperta Débora, Maria José Vieira, “a oração estreita os laços nos relacionamentos, quebrando as diferenças pessoais. E também promove a paz e a harmonia no ambiente familiar”. Além disso, a prª Elizete Malafaia complementa ao dizer que “esse alerta do filme é importantíssimo, pois as pessoas vão entender a necessidade de se prepararem para a batalha no mundo espiritual”.
O longa Quarto de Guerra apresenta a história de um casal com problemas conjugais, até que a esposa decide usar a oração para combater essa batalha. De acordo com o pr. Salomão, a mulher tem um papel muito importante na luta pelo seu casamento. Maria José e a prª Elizete Malafaia, concordam respectivamente que “a mulher cristã alicerçada na palavra busca sabedoria em Deus para interceder por sua família e ser um canal de bênçãos em seu lar”; além disso, “uma mulher sábia é guiada pelo Espírito Santo e, independente do que esteja enfrentando, ela desenvolve os frutos do Espírito Santo, como está escrito em Gálatas 5.22”.
A importância de modelos é o segredo na estruturação familiar, segundo o pr. Salomão a “família que ora, ama fácil, perdoa, pode servir um ao outro, ajudar na igreja e mudar a sociedade. A Família que ora é saudável, pois reflete a glória de Deus”.
Em dezembro, o filme chega às telonas para incentivar as famílias a usar a oração ao seu favor, como a prª Elizete afirma: “Não podemos fazer nada sem antes nos comunicarmos com Deus através da oração. Ele é o nosso melhor pai, amigo e conselheiro”.
Destacando a urgência e importância do tema retratado no filme, Maria José Vieira recomenda o filme e diz: “Vi o trailer e pude sentir que esse filme poderá mudar a vida de muitas pessoas, a forma de guerrear suas batalhas, entendendo que precisamos aprender a nos posicionar diante dos desafios”. E o pr. Salomão Santos confirma ao dizer que “um filme desses pode moldar gerações, pode salvar casamentos e refazer a maneira como os cristãos encaram os desafios do dia a dia. Precisamos disso”.  
A inserção de filmes cristãos nos cinemas nos apresenta a necessidade que a igreja tem de tomar posse desse espaço e de fazer parte da campanha de oração que tem circulado no Facebook do filme, como apoia o pr. Salomão: “Espero que haja ainda muitos filmes como esse. E realmente, além de recomendar enfaticamente que assistam e divulguem, exorto que trabalhemos em oração em família e pela família, pois creio que podemos abençoar e marcar nossa geração mostrando como a Palavra de Deus funciona bem e como Ele merece toda a glória. Deixe-me dar um recado para os casais em crise: Faça a sua parte, que Deus fará a Dele”.
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Comentários
0 Comentários
Obrigado pelo seu comentário
var pres = document.getElementsByTagName("pre"); for (var i = 0; i < pres.length; i++) { pres[i].addEventListener("dblclick", function () { var selection = getSelection(); var range = document.createRange(); range.selectNodeContents(this); selection.removeAllRanges(); selection.addRange(range); }, false); }