Marina de Oliveira fala sobre o preconceito que sofreu nas igrejas no início de sua carreira


Todo mundo sabe que Marina de Oliveira quebrou muitos tabus existentes na música gospel há décadas atrás.

Quando a cantora apareceu em 1986 com o LP 'Imenso Amor', o largo sucesso também veio junto com várias críticas quanto ao seu visual despojado para a época.

"Não era brincadeira não, era muito complicado e, inclusive, eles implicavam mais ainda com meu cabelo loiro de mechas".

A pergunta sobre o assunto surgiu do apresentador do canal cristão 'Tipo Assim', que questionou a cantora sobre as críticas quanto a maquiagem e etc.

"Implicaram com o comprimento do meu cabelo que era curto, e eu tinha que usar peruca para poder me apresentar nas assembleias de Deus. A capa do 'Imenso Amor' eu estou com peruca (...)", comentou Marina sobre seu primeiro álbum que fez muito sucesso no meio evangélico com canções como 'Faça Um Teste', 'Amor Em Qualquer língua' e 'Pastor do Coração'.

↓ Confira essas e outras perguntas no vídeo abaixo ↓


Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Comentários
0 Comentários
Obrigado pelo seu comentário
var pres = document.getElementsByTagName("pre"); for (var i = 0; i < pres.length; i++) { pres[i].addEventListener("dblclick", function () { var selection = getSelection(); var range = document.createRange(); range.selectNodeContents(this); selection.removeAllRanges(); selection.addRange(range); }, false); }