“Deus não está morto 3” já está sendo produzido e sairá em breve


O ator e cineasta David A.R. White é um dos responsáveis por grandes sucessos do cinema cristão. Um de seus maiores êxitos de bilheteria foi “Deus não está morto” (2014), que ganhou continuação este ano.

Em entrevista recente, ele revelou ao The Christian Post que a franquia será uma trilogia. Como o final do segundo longa deixou espaço para uma continuação, White afirma que já estão trabalhando no roteiro.

White começou sua carreira como ator aos 19 anos. Contudo, seus maiores sucessos vieram quando ele começou a ser produtor. Sua carreira se consolidou quando, em 2014, sua empresa Pure Flix Entertainment lançou “Deus não está morto”, que se tornou um dos filmes independentes mais bem-sucedidos de todos os tempos.

Nascido e criado em uma comunidade rural menonita no estado do Kansas, ele assistiu seu primeiro filme no cinema aos 18 anos. Desde então sabia que Hollywood era o seu “chamado”.

Um ano depois aventurou-se na tentativa de mostrar que filmes com mensagem cristãs eram “viáveis”, um grande desafio para a indústria cinematográfica.

“Minha fé foi a base que me deu a confiança que eu precisava, pois acreditava que sempre haveria uma razão maior para cada porta aberta ou fechada para mim. Até hoje minha fé é o centro da minha carreira. As decisões são pensadas cuidadosamente e tomadas após muita oração”, revelou.

Após alguns anos fazendo pontas em programas de TV e filmes de menor expressão, ele se juntou a Michael Scott e Russell Wolfe, também evangélicos, para lançar a Pure Flix em 2005. Os desafios então passaram a ser arrecadação de fundos para produções independentes.

“Deus não está morto”, por exemplo, tinha um orçamento de US$ 2 milhões. White ressalta que, no início, parecia impossível acreditar que eles conseguiriam. “Meu pai me ensinou desde cedo que Deus é fiel (Romanos 8:28), e que mesmo em meio a dificuldades ou ataques, Deus cuida de nós”, ensina. O filme arrecadou mais de US$ 60 milhões em bilheteria somente nos EUA e alavancou a produtora a um patamar inédito em Hollywood.

Ele conta ainda que muita gente pediu uma terceira parte para o filme e que as decisões são tomadas após muita oração. “Não queremos apressar em produção, mas estamos entusiasmados com o que vem por aí”, explica. As filmagens começam em 2017 e provavelmente só chegue às telas em 2018. “Sairá em breve”, afirma ele, lembrando que o espaço entre o primeiro e o segundo foi de dois anos.

O produtor conta ainda que o próximo lançamento da Pureflix vai na mesma linha, embora seja uma história verdadeira e não uma ficção. Os fãs da série “Deus não está morto” poderão assistir, em março do ano que vem “Em defesa de Cristo”, que conta a trajetória do jornalista Lee Strobel, um ateu que, ao tentar desmentir o Novo Testamento, acabou se convertendo e se tornou um apologeta renomado.

David White encerra dizendo que sua trajetória cheia de desafios lhe possibilitou estimular outros cristãos que têm “sonhos impossíveis”. “Acredite e confie, porque Deus é fiel! Queria dizer-lhes isso: um sonho adiado não é um sonho negado. Afinal, Deus pode abençoá-lo com um sonho maior do que aquele que você já tinha. Ele fez isso por mim e pode fazer isso por você!”.

por Gospel Prime
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Comentários
0 Comentários
Obrigado pelo seu comentário
var pres = document.getElementsByTagName("pre"); for (var i = 0; i < pres.length; i++) { pres[i].addEventListener("dblclick", function () { var selection = getSelection(); var range = document.createRange(); range.selectNodeContents(this); selection.removeAllRanges(); selection.addRange(range); }, false); }