20 álbuns que completam 10 anos em 2017


Ainda colhendo os frutos do sucesso de seu álbum anterior, Eyshila não perdeu tempo e lançou ao mercado mais uma de suas obras aclamadas pela crítica e pelo público. "Até Tocar o Céu" se destacou por sua canção título, considerada uma das melhores do gênero gospel das últimas décadas, e ainda "Deus Está Me Ensinando", "O Deus Que Eu Amo", "Tu És Adorado" e outras. O disco rendeu a cantora sua segunda indicação ao Grammy Latino e vendeu cerca de 170 mil cópias conquistado disco de platina. No ano seguinte seu título deu origem a um disco em espanhol trazendo faixas da obra e ainda sucessos anteriores da intérprete.


O público teve que esperar três anos para ouvir um novo disco da cantora Aline Barros após o álbum que marcou sua entrada na gravadora MK Music. "Caminho de Milagres" chegou com produção musical de Rogério Vieira e marcou o primeiro trabalho da intérprete com várias músicas do compositor Anderson Freire. Entre os sucessos, "Diante a Cruz", "Tudo é Teu", "Poder Pra Salvar", "Manancial" e outros. O disco ganhou o Grammy Latino na categoria de Melhor Álbum Cristão em Língua Portuguesa, e vendeu cerca de meio milhão de exemplares garantindo disco de platina tripla certificado pela ABPD. Um material audiosivusal foi lançado para a obra sendo gravado no Maracanãnzinho e lançado no ano seguinte. 


Depois de anunciar a rescisão de contrato com sua gravadora anterior, Cassiane não perdeu tempo e lançava nas últimas semanas do ano seu primeiro álbum independente após uma parceria de grande sucesso com a MK Music. "Faça Diferença" era mais uma parceria sua com o produtor Jairinho Manhães, mas trazia novidades para o seu ministério como as canções escritas por Anderson Freire que se tornaram sucessos da carreira da artista. Antes mesmo de sua comercialização ser impedida pela justiça o material já tinha vendido mais de 200 mil cópias, e músicas como "Todo Poderoso", "Mergulhe", "Faça Diferença" e "Ele Tem Poder" já tomavam conta das rádios do país. A obra passou a ser distribuída mais tarde por gravadoras como Sony Music e MK Music. 


O cantor e compositor Nani Azevedo estreou muito bem na música gospel com o lançamento do CD e DVD "Bendito Serei" pela gravadora Central Gospel Music. Se tornando rapidamente um sucesso nas igrejas e rádios do país, a música título garantiu que o material fosse até hoje o mais vendido da carreira do intérprete totalizando cerca de 250 mil exemplares comercializados do álbum.


Marcando mais de duas décadas de seu ministério, nesse ano a cantora Lauriete lançaria um de seus trabalhos mais elogiados pelo seu grande e fiel público. Produzido por Jairinho Manhães, sendo seu último completamente produzido pelo maestro, o álbum "Ensina-me" apresentava um repertório pronto para invadir as igrejas e os corais com músicas como "Eu Vou Subir", "Lindo Céu", "Vem Me Tocar" e "Os Olhos do Amado", onde essas e outras atingiram seu objetivos e se tornaram sucessos em várias regiões do país. O disco ganhou disco de ouro com apenas um mês de comercialização e atualmente está na casa de 200 mil exemplares vendidos. 


Depois da enorme proporção que seu ministério ganhou no álbum anterior que marca sua entrada na gravadora MK Music, Andréa Fontes conseguiu apresentar mais um trabalho com excelência e que marcou seu ministério. "Pregador Fiel" era mais um resultado da boa parceria da cantora com o maestro Melk Carvalhedo, e vem com músicas de sucesso como "Seja Curado", "Vai Tremer", "Ele Te Ama", sua faixa titular e ainda o corinho com história "Benedita e o Colírio". Algumas das canções desse disco se tornaram frequentes em várias peças teatrais e em grupos de coreografias das igrejas do país. Certificado apenas como disco de ouro pela ABPD, estima-se que o álbum tenha vendido cerca de 100 mil exemplares.


Depois do reconhecimento de seu álbum anterior, a cantora Vanilda Bordieri tinha a missão de fazer um disco que superasse as expectativas, e conseguiu. "Especialmente Pra Deus" marca o início de uma fase de amadurecimento e consagração na carreira da cantora, e daqui saíram muitas de suas musicas de sucesso como "Hei, Noé?!", "A Melodia Que Ninguém Ouviu", "Arma da Humildade", "Três Jovens e Uma Fornalha" e algumas outras. Seu disco de ouro obtido em cerca de um mês foi entregue na gravação de seu primeiro DVD, e atualmente já vendeu mais de 200 mil cópias.


Rio é segundo álbum ao vivo de Nívea Soares, sendo o quarto de sua carreira. Gravado no oitavo Congresso Internacional de Louvor e Adoração Diante do Trono, no dia 7 de abril de 2007, a obra teve as participações especiais de Mariana Valadão e Felipe Valadão nos vocais. O projeto gráfico, idealizado e produzido por Rafael Duarte foi bem avaliado pela crítica especializada, assim como toda a produção musical do disco, de Gustavo Soares, marido de Nívea.


Após uma saída não muito boa de sua antiga gravadora MK Music, Rozeane Ribeiro volta ao mercado anos depois com o lançamento desse disco que se tornou um dos preferidos por parte de seus admiradores. "A Face da Glória" traz a produção musical de Melk Carvalhedo e algumas músicas de sucesso nas igrejas pentecostais do país como "Fornalha", sua canção titular e "Jeito de Adorar, sendo a última composta por Vanilda Bordieri e um dos corinhos de fogo mais conhecidos compostos pela mesma. O disco também foi elogiado por seu encarte produzido pela Digital Design, e vendeu mais de 100 mil cópias. 


Marca da Promessa é o álbum de estreia da banda brasileira de música cristã contemporânea Trazendo a Arca, lançado em junho de 2007 no Brasil após a turbulenta saída dos sete principais integrantes do grupo Toque no Altar, que resultou em processos judiciais e críticas aos membros do Trazendo a Arca. Bem recebido pela crítica e pelo público, o álbum foi disco de platina por 100 mil cópias vendidas em dois meses, e em um ano após seu lançamento já havia vendido mais de meio milhão de cópias. Também em 2008, receberam diversas premiações no Troféu Talento através do álbum.


Voltando a obter os poucos o sucesso que seu ministério recebeu nos primeiros anos e nos anteriores da década de 2000, Cristina Mel lançava o álbum "Um Novo Tempo", mais um oriundo de seu contrato com a gravadora Line Records. Aguardado por seus admiradores, o material trazia canções que mais tarde obteriam grande sucesso como "Só Deus Sabe", "Alcançar Teu Coração", "Um Novo Tempo", "Nossa Redenção" e outras. Indicado ao Grammy Latino, vendeu por volta de 100 mil exemplares e uma de suas músicas originou o lançamento futuro de mais um disco seu em espanhol. 


Último disco da cantora Bruna Karla antes de seu estouro nacional nos anos seguintes, o álbum "Com Os Olhos Da Fé" marcou a volta da cantora com Jairinho Manhães na produção de sua obra, e apresentou pela primeira vez canções compostas pelo cantor Anderson Freire, que viria a se tornar o autor preferido dos cantores e amigo da própria. O maior sucesso do material ficou por conta da música "Eu Sei Que Não Estou Só", e o disco vendeu mais de 100 mil cópias, até alguns anos atrás. 


Ainda com muitas áreas do país para expandir seu sucesso, o Ministério Sarando a Terra Ferida alcançou com o disco "O Novo de Deus" o que seu trabalho anterior começou de forma intimista. Sua faixa título se tornou uma das músicas mais tocadas das igrejas e rádios evangélicas do país, somando ainda com o sucesso de outras faixas oriundas do álbum como "O Poder da Fé" e "Safra Abundante". O disco mais vendido da carreira de dez anos do ministério, único certificado com disco de ouro, sua música principal ainda é bastante tocada por aí. 


Vários anos após sua estreia no cenário da música gospel, o cantor Leonardo Gonçalves ainda colhia o reconhecimento da música "Getsêmani" quando lançou o disco "Viver e Cantar". Ainda pelo selo de sua gravadora e igreja Novo Tempo, o material contém dezessete canções incluíndo um de seus maiores sucessos "Ele Virá", regravada recentemente pelo próprio para ser inclusa na trilha sonora de um filme cristão. Estimasse que o disco tenha se aproximado dos 50 mil exemplares vendidos. 


Neste ano, a coletânea Amo Você dava origem a sua décima terceira edição trazendo dezesseis faixas românticas. Dentre as musicas de sucessos que se destacam estão "Soube Que Me Amava", de Aline Barros", "Chocolate Quente", de Alex e Alex, "Vou te Amar", de Bruna Karla, "Quero te Encontrar", de Pamela, e "Sol de Verão", última música da dupla Cassiane e Jairinho na coletânea antes de seu rompimento com a gravadora que originou a série. 


PG lançaria nesse ano o álbum "Eu Sou Livre", que fechava uma trilogia de discos seus lançados após sua comentada saída do grupo Oficina G3. Gravado ao vivo, o material trazia músicas de sucesso inesquecíveis para seu ministério até os dias atuais como "Eu Vou Passar Pela Cruz", "Quem Sou Eu?" e "Meu Universo", sendo a última uma versão de Jesus Adrian Romero que dominou as rádios do país sendo indicada ao prêmio de música do ano no instinto Troféu Talento. O disco vendeu mais de 130 mil cópias conquistando disco de platina certificado pela ABPD, e sua versão em vídeo recebeu disco de ouro.


Fernandinho começaria a receber um grande reconhecimento pelo país a partir do lançamento do álbum "Sede de Justiça". Escrevendo todas as músicas presente no material, a obra conta com uma das músicas de maior sucesso de sua carreira, "Nada Além do Sangue", cantada até hoje em igrejas e rádios de vários.


Comunhão e Adoração 6 é o sexto álbum da coletânea Comunhão e Adoração, idealizado por Ricardo Carreras da Aliança Produções. O disco de Adhemar de Campos é o registro de comemoração dos trinta anos de carreira do cantor. Gravado em São Paulo no Teatro São Pedro, trouxe a participação de Fernandinho, Nelson Bomilcar, Nívea Soares, Rodrigo Campos, Rachel Novaes, Ronaldo Bezerra, Soraya Moraes, Ana Paula Valadão, Christie Tristão, Massao Suguihara, David Quinlan, Daniel Souza, Pregador Luo e os vocalistas do Trazendo a Arca, Davi Sacer e Luiz Arcanjo. A produção de Paulo César Baruk também trouxe uma parceria com a Orquestra Filarmônica de São Caetano do Sul, que reuniu mais de sessenta músicos. Os extras do disco trazem galeria de fotos e depoimentos. A obra recebeu opiniões positivas da crítica especializada.


Elektracustika é o sétimo álbum de estúdio do grupo de rock cristão Oficina G3, lançado em maio de 2007 pela gravadora MK Music. Esse disco, segundo os membros da banda, tem a proposta de explorar o formato acústico de uma maneira criativa e rica, em contraste com a limitação e trivialidade dos trabalhos nesse formato, em comemoração dos seus 20 anos de existência. O álbum conta com 14 músicas, sendo elas 5 inéditas e 9 regravações de álbuns anteriores. O disco recebeu disco de ouro certificado pela ABPD e foi indicado ao Grammy Latino. 


Deus de Promessas Ao Vivo é o terceiro álbum ao vivo da banda brasileira de música cristã Toque no Altar, lançado em janeiro de 2007 pela gravadora Toque no Altar Music. nGravado ao vivo no Rio de Janeiro em outubro de 2006, é o último disco do grupo na formação liderada por Luiz Arcanjo, com músicas do álbum Deus de Promessas de 2005. Ronald Fonseca assina a produção musical e todas as composições ao lado de Davi e Verônica Sacer. As canções, no geral estão em versões estendidas em relação ao álbum original, principalmente "Te Conhecer", "Bendito eu Serei" e "Deus de Promessas". Diferentemente de sua versão de estúdio, Deus de Promessas Ao Vivo contém Arcanjo nos vocais principais, juntamente com Davi. A versão em DVD inclui a inédita "Vem Promessa", além de "Aleluia, Hosana" e "Meu Melhor", oriundas do primeiro álbum da banda. Na época de lançamento do disco, o conjunto dividiu-se, ocorrendo o surgimento do Trazendo a Arca e uma série de processos judiciais que se arrastaram até 2009

Nenhum comentário