“Jesus te ama”, diz Kaká a jornalista ateu que não quer perdoá-lo

O famoso jogador Kaká se pronunciou logo após a declaração do jornalista Juca Kfouri, de que não perdoava o meia, devido uma polêmica que envolveu ambos na Copa do Mundo de 2010. A afirmação do jornalista foi concedida ao UOL Esporte.
“Querido, Kfouri, eu te perdoo por todos ataques pessoais que você me fez! Jesus te ama e eu também!”, escreveu Kaká em seu perfil no Twitter.
Na Copa de 2010, o jornalista escreveu uma coluna afirmando que Kaká tinha uma lesão no púbis e que poderia encurtar sua carreira se continuasse atuando no sacrifício pelo Brasil.

Na época a afirmativa de Juca perturbou o jogador. Durante a Copa, o jogador interrompeu uma pergunta do repórter da ESPN André Kfouri, filho de Juca, para responder à coluna.
“A artilharia dele está voltada contra mim. Eu queria aproveitar a pergunta para responder às críticas que ele vem fazendo, e o que me deixa triste é que o problema dele comigo não é profissional, mas porque ele não aceita minha religião. Porque eu sou uma pessoa que segue Jesus Cristo. Eu o respeito como ateu, e gostaria que ele me respeitasse como [seguidor de] Jesus Cristo, como alguém que professa a fé em Jesus Cristo. Não só a mim, mas a todos os milhões de brasileiros que acreditam em Jesus Cristo”, comentou Kaká em 2010.

Com informações Cristiano Medeiros Gospel Prime

Nenhum comentário