Eyshila relembra 2 anos do falecimento de seu filho primogênito

A cantora publicou um texto em seu Instagram, para falar sobre como tem andando sua vida, após a perda de seu filho mais velho, Matheus Oliveira, que veio a falecer no dia 14 de Junho de 2016, com apenas 17 anos, devido ao agravamento do seu quadro de meningite, com encefalite herpética.


Veja:

#tbt Há exatamente dois anos atrás, dia 14 de Junho de 2016, eu postei essa foto. Foi o dia mais infeliz da minha vida. Com muito pesar eu tive que dizer a todas as pessoas no Brasil e do mundo que Deus havia recolhido para Si o meu filho, meu primogênito, apesar de todas as orações que estavam sendo feitas em favor daquele que seria o maior milagre já vivido por nós. Porém, aprouve a Deus dizer sim de outra maneira. O sim de Deus foi para que o meu filho rompesse as portas da eternidade e fosse curado pra sempre . Não aqui, mas em Deus e para Deus. Não temos mais acesso a ele por enquanto. Ficou a saudade. Porém, após termos vivido cada fase dessa devastação que se chama luto: Negação – Raiva – Barganha – Depressão – Aceitação, conforme a cartilha da psicologia, e mesmo sabendo que isso pode variar dependendo de cada caso e situação, quero declarar publicamente diante de vcs e do mundo espiritual que HÁ VIDA APÓS O LUTO. Vencemos uma longa e difícil etapa até aqui, e ainda temos um caminho a percorrer, mas não vamos desistir. Quero marcar o dia de hoje como o princípio de um novo tempo. Quero resignificar essa data , que se eu pudesse apagaria do meu calendário, mas já que não posso, vou marca-la com novas experiências. Todos os dias 14 de Junho que estiverem diante de mim, em nome de Jesus, serão carimbados com um novo sonho, um novo projeto. Eu achei que jamais seria capaz de viver, muito menos sonhar depois de devolver um filho a Deus. O Espírito Santo me provou o contrário. Finalmente entendo o que significa "posso todas as coisas naquele que me fortalece". Não nego as lágrimas que ainda choro, não nego a saudade que ainda vem marcada pela dor, mas preciso expressar a minha gratidão ao Deus que me curou, e há de completar a Sua obra em nossas vidas. Ele pode visitar vc, mãezinha que perdeu seu filho, filhinho que perdeu seus pais, avós que enterraram seus netos, creiam nisso. Deus é o nosso Consolador. O choro pode e vai durar algumas , talvez muitas noites, mas #vaiamanhecer #omilagreaindaévoce #tbt❤️ #Saudade #gotasdeconsolo
Uma publicação compartilhada por Eyshila (@eyshilasantos) em

Com base nessa experiência, Eyshila lançou meses depois do acontecimento, o CD "O Milagre Sou Eu". A música que dá título ao projeto, foi composta durante o período de luto vivido pela cantora, e depois que foi lançada, se tornou um sucesso, servindo de consolo e trazendo ânimo para milhares de pessoas que também perderam um ente querido.
0 comentários via Blogger
comentários via Facebook

Nenhum comentário